Chapada dos Veadeiros
Travessia Ecoturismo - Chapada dos Veadeiros Travessia Ecoturismo - Chapada dos Veadeiros Notícias Chapada dos Veadeiros Fale Conosco Cadastre-se Turismo Solidário
Travessia Ecoturismo - Chapada dos Veadeiros Travessia Ecoturismo - Chapada dos Veadeiros Chapada dos Veadeiros Fale Conosco Parceiros Turismo Solidario
ecoturismo    




Sistema de Gestão de Segurança - SGS

Sistema de Gestão de Segurança – Norma ABNT NBR 15331

 

A segurança no Turismo de Aventura envolve pessoas (tanto os clientes quanto os prestadores de serviço), equipamentos, procedimentos e as próprias empresas prestadoras dos serviços, inclusive as organizações públicas.

 

O Sistema de Gestão da Segurança é destinado a assegurar que determinado resultado (diminuição do número de incidentes, por exemplo), pretendido (e portanto planejado) é consistente e sistematicamente obtido (não acontece por acaso). Os Sistemas de Gestão incluem estrutura organizacional, atividades de planejamento, responsabilidades, práticas, procedimentos, processos e recursos para desenvolver, implementar, atingir, analisar criticamente e manter política, objetivos e metas de segurança.

 

Um sistema deste tipo permite que uma organização estabeleça e avalie a eficácia dos procedimentos, desenvolva uma política e objetivos de segurança, atinja a conformidade em relação a eles e demonstre-os a terceiros.

 

Aprender a gerenciar riscos de maneira eficaz possibilita que as pessoas que operam este segmento melhorem os resultados através da identificação e da análise de uma gama mais ampla de questões ligadas à Segurança no Turismo, fornecendo uma forma sistemática de tomar decisões embasadas em informações, a gestão da Segurança é parte integrante das boas práticas no Turismo de Aventura.

 

Objetivo

 

O Sistema de Gestão da Segurança é composto por um conjunto de aproximadamente 30 documentos divididos em três fases de implementação: Planejamento, Implementação e Operação e Medição e análise, estes documentos são periodicamente revisados, conforme a alimentação do sistema e análise dos registros.

 

Para elaborar a documentação completa exigida pela norma ABNT NBR 15331 é necessário que a atividade esteja em operação por pelo menos seis meses, para que haja amostragem mínima de registros para de análise do sistema.

 

Durante a visita técnica realizada em Dezembro de 2009 foram elaborados os documentos base do SGS, da fase “Planejamento” necessários para que o SGS seja implementado.



 

Rapel

Tirolesa

Veja também
Inglês

Nossos Roteiros

» Alta Temporada
Natal - 05 Dias
Especial Fim de Ano
Réveillon - 04 Dias
Réveillon - 05 Dias
Réveillon - 06 Dias
Réveillon - 08 Dias
Travessia Leste - 23 a 27 de Jan. de 2019
Janeiro - 04 Dias (Qui a Dom)
Janeiro - 05 Dias (Qua a Dom)
Janeiro - 05 Dias (Dom a Qui)
Janeiro - 08 Dias (Dom a Dom)
Carnaval - 05 Dias (Sex a Ter)
Carnaval - 05 Dias (Sáb a Qua)
Carnaval - 06 Dias (Sex a Qua)
Carnaval - 08 Dias (Sáb a Sáb)
» Baixa Temporada
2º Sem 2018 - Promo 5d
2º Sem 2018 - Promo 8d
2º Sem 2018 - Qui a Dom
2° Sem 2018 - Qua a Dom
2º Sem 2018 - Dom a Qui
2° Sem 2018 - Dom a Dom
1º Sem 2019 Promo - 5 Dias
1º Sem 2019 Promo - 8 Dias
1º Sem 2019 - 4 Dias (Qui a Dom)
1º Sem 2019 - 5 Dias (Qua a Dom)
1º Sem 2019 - 5 Dias (Dom a Qui)
1º Sem 2019 - 8 Dias (Dom a Dom)
» Atividades de Aventura
Circuito de Aventura
Tirolesa - Voo do Gavião
Rapel - Cachoeirismo
Canionismo
» Roteiros Especiais
Extensão ITIQUIRA
Travessia Leste - 5 dias
Travessia Leste - 8 dias
Cavalcante - 5 dias
A. Paraíso e Cavalcante - 8 d.
Terra Ronca - 5 dias
A. Paraíso, Cavalcante e T. Ronca - 8 d.
Travessia 7 Quedas

Galeria de fotos

Cadastre-se



 

TRAVESSIA ECOTURISMO
Av. Ary R. Valadão Filho, 979 - Centro - Alto Paraíso - GO
CEP: 7377-0000 - Telfax: +55 (62) 3446 1595
Face Book